Bíblia de estudo Dake controvérsias de heresias

No dia 21 de setembro de 2009, foi lançada a famosa bíblia dos teólogos da prosperidade. A bíblia de estudo DAKE. O que nos chama a atenção, é que que essa Bíblia com comentários e estudos heréticos foi lançada pela CPAD a Casa Publicadora das Assembléias de Deus no Brasil.

Todos comentam a tamanha incoerência dos gestores da nossa querida Editora a CPAD. Pois não podemos misturar o profano com o sagrado, não há comunhão entre luz e trevas, não podemos andar unidos a quem não está de acordo conosco.

No livro do Pr Hank Hanegraaff “Cristianismo em Crise” livro que foi também editado pela CPAD, ele alerta sobre essa Bíblia e denuncia seus estudos, seus comentários heréticos e profanos.


Veja algumas das heresias de Dake:

1) Os Gigantes eram crianças filhos de anjos com mulheres

2) As raças não devem se misturar

3) Havia uma raça de pessoas na era pré-adâmica na Terra

4) Os demônios não são anjos caídos

5) Deus Pai, o Filho e o Espírito Santo, todos têm os seus próprios corpos, almas e espíritos

6) Que os céus e os planetas são habitados

7) Que não só Jesus tem uma primeira e segunda vinda. Mas o Pai (Deus) também tem uma primeira e segunda vinda.

8) Que quando Jesus retornar o Pai, estará vindo com Jesus ...(?)

9) O rei Davi será ressuscitado para a reger no Milênio. Jesus não vai ser o Rei de Israel ...

10) A Grande Tribulação não será para todo mundo.

11) A Igreja não é a Noiva de Cristo

12) Há uma diferença entre o Reino dos Céus e o Reino de Deus ...

13) Saul não foi o primeiro rei de Israel, Moisés é que foi ...

14) Satanás não entra no corpo de qualquer um ... (o que aconteceu com Judas?)

15) Há outros reinos em outros planetas

16) Esta Terra será renovada. A Nova Terra é uma Terra renovada.

17) Satanás e seus anjos vão morar visivelmente com homens durante o período da Grande Tribulação.

18) O varão em Apocalipse não é Jesus, os 144.000 são judeus ressuscitados para ir morar no céu.

Isso são só algumas das heresias quem contem a Bíblia de estudo Dake.

Segundo comunicou a CPAD com o Pr Silas Daniel, que é Editor Chefe do Departamento de Jornalismo da CPAD, autor do livro "A Sedução das Novas Teologias" que os erros doutrinários foram retirados.

O que deixa ainda mais controverso essa polêmica da Bíblia Dake, porque ao folhea-la encontramos todos estas heresias acima citada.Depois de folhear a Bíblia Dake, editada pela CPAD e Editora Atos, pude encontrar alguns equívocos doutrinários. Em uma visão rápida, procurando a abordagem de Dake sobre alguns temas mais comuns de se deparar com heresias, encontrei 6 (seis) comentários, os quais reproduzo aqui. Os números das páginas estão em negrito para melhor indicação. Vou fazer um leve comentário contestando-os.

Na página 3, comentário sobre Gn 1:28c, está escrito: “Isso mostra a existência de um sistema social antes de Adão”.

No blog Fronteira Final, pastor Antônio Mesquita assim se expressou sobre isso: “… questões não aceitas pela doutrina cristã, como o comentário de Gênesis 1:28c, que a mim não passa de especulação, dando conta da existência de uma sociedade pré-adâmica…”. De fato, não existem textos bíblicos claros que evidenciem essa especulação. O próprio G. H. Pember, que argumentou bastante sobre essa interpretação em As Eras Mais Primitivas da Terra, escreveu: “Consideremos, então, as poucas referências que a Bíblia parece oferecer relacionadas a este grande mistério. Contudo, devemos pisar de leve… pois não temos certeza do seu fundamento1”. Então, está claro que essa abordagem é antipentecostal.

Veja o que está dito na página 72, a respeito da Trindade: “Todas as três pessoas têm o próprio corpo, alma e espírito e formam a Trindade divina”.

Esse equívoco doutrinário ficou famoso com Benny Hinn, que sugeriu o desmembramento das três pessoas, afirmando: “há nove deles”. Mas leia em contrapartida o que disse Hank Hanegraaff: “A assertiva de que cada membro da Trindade tem seu próprio e distinto corpo espiritual subentende que existam três seres separados e distintos – em outras palavras, três deuses. Essa visão antibíblica (o triteísmo) corre contrário a tudo quanto as Escrituras ensinam – que há um só Deus, revelado em três pessoas2”.

Dake dá 18 definições de fé, a maioria baseada em Hebreus 11. A terceira definição que ele dá é:“Poder criativo das obras divinas”, baseado em Hb 11:3. (Página 1969).

Porém, o texto de Hebreus diz outra coisa: “Pela fé, entendemos que os mundos, pela palavra de Deus, foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente.”. A tentativa de Dake é induzir o leitor a pensar que Deus criou o mundo por Sua fé (para sustentar o ensino errôneo da fé do tipo de Deus), entretanto, o que o texto está dizendo é que nós entendemos pela fé, que Deus criou os mundos pela sua palavra.

A prova de que Dake está tentando induzir esse pensamento acima, é que está escrito claramente isto na página 1613. Ao explicar Mc 11:22, ele diz: “Literalmente: ‘Tenha a fé de Deus’… o homem foi criado com a fé de Deus…”.

Deus não precisa de fé. A Bíblia diz que Jesus é “o autor e consumador da fé” (Hb 12:2), assim, ele é o objeto da fé e não um sujeito que precisa ter fé.

Agora vamos para a página 1732 da Bíblia Dake. Comentário de Jo 15:7. “… Um verdadeiro cristão pode conseguir o que quiser, assim como o que precisar. Uma oração dizendo: “se for da tua vontade”, envolvendo qualquer coisa que Deus já prometeu, e portanto já claramente mostrada que é da vontade dele, sendo pedida com fé, sem duvidar, é realmente uma oração de incredulidade”.

Eu já li isso em outros lugares. Nos escritos de Kenneth Hagin e R. R. Soares, por exemplo. Mas não podemos nos deixar envolver por mais esse ardil. ‘Se for da tua vontade’ não é incredulidade, mas reconhecimento da soberania de Deus. Jesus ensinou no Pai Nosso a frase “seja feita a tua vontade” (Mt 6:10) e deu-nos o exemplo quando orou ao Pai no Getsêmani “faça-se a tua vontade” (Mt 26:42). E mais, nós não podemos conseguir o que quisermos como diz Dake, nós temos é que orar pedindo a Deus a realização da vontade d’Ele em nossa vida.

Vamos pra mais algumas página 1717, com comentário de Jo 14:13: “O propósito da procuração entregue aos crentes”Página 1721, com comentário de Jo 16:23: “Isso repete a doutrina da procuração em favor dos crentes, e ensina a representação nas questões divinas”“O uso livre, ilimitado e absoluto de seu nome é o depósito na conta da igreja. Os cheques serão descontados na medida em que forem assinados por uma mão firme e segura”Comentário de Jo 14:24: “… não hesite em pedir quaisquer bênçãos físicas, materiais ou espirituais – qualquer necessidade de seu corpo, alma e espírito, pois Ele não lhes negará nenhuma benção”.

Não é o uso livre e ilimitado do nome de Jesus que nos garante resposta das orações. Isso se parece com exigir de Deus, e não pedir (outro ensino errado da Confissão Positiva).

Agora imagine Deus atendendo todas as nossas orações! É óbvio que Ele não atenderá uma oração egoísta, uma oração que não esteja de acordo com Sua vontade (1Jo 5:14). E ainda, os propósitos de Deus em nossa vida é que valem (Rm 8:28) mesmo quando não entendemos na hora (Jo 13:7).

NOTA 1: Embora esses comentários sejam contrários a doutrina ortodoxa da Assembléia de Deus, a Bíblia Dake tem muitas qualidades no que concerne a ferramentas de estudo para os ministros, professores e estudiosos da Bíblia Sagrada.
NOTA 2: Não é o lançamento desta Bíblia pela CPAD que vai tirar meu respeito e confiança pela editora. É preciso mais.
NOTA 3: A Bíblia Dake deve ser estudada e analisada à luz de 1Ts 5:21: “Examinai tudo. Retende o bem”.

Referências:
1. Pember, G. H. As Eras Mais Primitivas da Terra. Tomo 1. São Paulo: CCC Edições, 2002. Página 62.
2. Hanegraaff, Hank. Cristianismo em Crise. Rio de Janeiro: CPAD, 2004. Página 135.